O país vai virar a noite comemorando” afirmou o (na época) primeiro-ministro do Reino Unido, David Cameron em 3 de dezembro de 2012, quando o reino recebeu a notícia de que um futuro rei ou rainha estava a caminho. O anúncio “parou a Grã-Bretanha”, foi capa de jornais do mundo todo e o principal assunto em sites e telejornais.

O Duque e a Duquesa de Cambridge, Príncipe William e Kate Middleton, se casaram na Abadia de Westminster em 29 de abril de 2011 e anunciaram a gravidez um ano e sete meses depois. Mas a notícia que era feliz, também era motivo de preocupação para os britânicos.

A duquesa sofria de hiperêmese gravídica (uma rara condição que agrava os enjoos, náuseas e sensação de desmaio e pode, em casos mais graves, levar ao aborto espontâneo), e estava internada no Hospital Edward VII, em Londres. Em entrevista a autora Giovanna Fletcher para o podcast Happy Mum, Happy Baby em fevereiro de 2020, Kate revelou detalhes sobre a doença:

Eu tive enjoos matinais muito fortes. Não sou a mais feliz das pessoas grávidas. Muitas pessoas sofrem de coisas muito, muito piores. Foi definitivamente um desafio. Não apenas para mim, mas também para os entes queridos ao redor e acho que é isso – estar grávida e ter um bebê recém-nascido e coisas assim, afeta todos na família. William não sentiu que poderia fazer muito para ajudar e é difícil ver que você está sofrendo sem realmente ser capaz de fazer nada a respeito. Eu estava totalmente mal. Eu estava muito doente. Eu não estava comendo as coisas que deveria comer, mas mesmo assim o corpo foi capaz de tirar todas as partes boas e criar uma nova vida, o que eu acho fascinante.

A imprensa nacional e internacional fez plantão em frente ao hospital até que a Duquesa de Cambridge finalmente recebeu alta, no dia 6 de dezembro.

Kate está segurando um buquê de rosas e está usando um casaco e um cachecol. William está a direita dela, usando um suéter. Ambos estão em frente a porta do hospital.
O Duque e a Duquesa de Cambridge deixando o hospital King Edward VII Hospital, em Londres. 6 de dezembro de 2012. (Foto: Rex Features).

O Duque e a Duquesa de Cambridge deixando o King Edward VII Hospital em 6 de dezembro de 2012.

Os jornais britânicos declaravam que o futuro monarca nasceria em maio de 2013, enquanto a Família real confirmou apenas que Kate estava com menos de 12 semanas de gravidez. Em 14 de janeiro de 2013, a imprensa e o público finalmente receberam uma resposta mais exata: o bebê real nasceria em julho.

Os compromissos oficiais e aparições públicas da Duquesa de Cambridge foram acompanhados e reportados com atenção para que ninguém perdesse nenhum detalhe da gravidez e todos pudessem acompanhar cada discurso, cada informação e cada roupa da duquesa. Confira alguns momentos na galeria a seguir:

Em 28 de junho de 2013, os jornais britânicos divulgaram uma pesquisa conjunta afirmando que segundo analistas, o filho ou filha de William e Kate havia garantido uma receita extra de 824 milhões ao Reino Unido e a primeira injeção de dinheiro seria a curto prazo, arrecada os comes e bebes comprados para celebrar o nascimento.

A longo prazo, o crescimento da criança diante dos olhos do público seguiria movimentando a economia britânica com a venda de roupas, berços, carrinhos e brinquedos. Lembrancinhas compradas foram vendidas nas ruas, em lojas e on-line e incluíam pijamas, sapatinhos, máscaras de papel, canecas, louças e inúmeros acessórios.

A chegada do bebê surpreendeu os próprios analistas que notaram um crescimento nas áreas de economia, comportamento e turismo muito maior do que o esperado.

As casas de apostas registraram um milhão de libras esterlinas em apostas, o maior recorde para um evento não esportivo. Os clientes tentavam adivinhar o sexo, a cor dos olhos, do cabelo, a data e a hora do nascimento, e principalmente, o nome do herdeiro.

Os nomes mais cotados para meninos eram George, James, Alexander, Louis, Charles e Francis.

Para meninas, Alexandra, Charlotte, Elizabeth, Victoria e Diana.

O jornal Sunday Times consultou especialistas em família real e cravou Victoria ou James, enquanto os preferidos nas casas de apostas continuavam Alexandra ou George. No entanto, não existiam dúvidas de que seria “um nome tradicional do passado para o rei ou rainha do futuro”.

Desde o primeiro dia de julho, a imprensa se instalou em frente a ala Lindo Wing, do St Mary’s Hospital, para garantir a melhor foto da família ao sair da maternidade. Entretanto, a espera ainda seria longa e aconteceu durante o mês mais quente no Reino Unido em sete anos.

Em 18 de julho foi dada a notícia de que a criança poderia nascer a qualquer momento. A jornalista Cecília Malam, em uma reportagem para o Jornal Nacional, explicou o impacto que o bebê causaria no mundo:

O que o bebê real muda na vida das pessoas? Ele ou ela será o futuro rei ou futura rainha. Um dia essa criança será chefe de estado nos 16 reinos da Comunidade Britânica, chefe das forças armadas, líder da igreja anglicana e terá o poder de dissolver o parlamento britânico e designar um novo primeiro-ministro. Enfim, o bebê de William e Kate já nasce com muitas responsabilidades para a vida adulta e talvez por isso, deve ser o bebê mais fotografado do século XXI.

Em 22 de julho de 2013, o anúncio finalmente chegou. A Clarence House (conta oficial do Príncipe de Gales e da Duquesa da Cornualha no Twitter) publicou:

Sua Alteza Real, A Duquesa de Cambridge foi admitida no St Mary’s Hospital, Paddington, Londres nos primeiros estágios de trabalho de parto.
A Duquesa viajou de carro do Palácio de Kensington para a Lindo Wing no St Mary’s Hospital acompanhada pelo Duque de Cambridge.

O mundo aguardou ansiosamente a notícia que veio muitas horas mais tarde, pelo Twitter e no cavalete oficial no Palácio de Buckingham:

Sua Alteza Real, A Duquesa de Cambridge deu a luz a um filho às 4.24pm.
O bebê pesa 3,600 kg.
O Duque de Cambridge estava presente no nascimento.
A Rainha, o Duque de Edimburgo, O Príncipe de Gales, A Duquesa da Cornualha, O Príncipe Harry e as famílias já foram informados e estão encantados.
Sua Alteza Real e o filho estão passando bem e permanecerão no hospital durante a noite.

A noite foi de comemoração para milhares de britânicos que se aglomeravam nas ruas, principalmente em frente ao Palácio de Buckingham, e para as milhões de pessoas que enviavam mensagens pelas redes sociais. As hashtags #RoyalBaby, #RoyalBabyBoy e #WelcometotheWorld foram as mais comentadas do dia e o casal real recebeu parabéns de diversos líderes mundiais e celebridades, como o presidente dos Estados Unidos Barack Obama e o primeiro-ministro David Cameron.

Os pontos turísticos do Reino Unido foram iluminados com a cor azul, bandeiras, e mensagens parabenizando o jovem casal e o Príncipe de Cambridge, ainda sem nome, conhecido pelos súditos como “Baby Cambridge” e “Prince Cambridge”.

Vídeo com uma parte das celebrações do nascimento do Príncipe de Cambridge em 22 de julho de 2013, incluindo o momento em que o cavalete oficial foi exposto no Palácio de Buckingham.

As homenagens ao príncipe feitas pela Royal Navy (Marinha Real) e nos pontos turísticos do Reino Unido e do mundo em 22 e 23 de julho de 2013.

A Duquesa de Cambridge contou no podcast Happy Mum, Happy Baby como foram os primeiros momentos dela como mãe:

Eu … Oh meu Deus, não consigo me lembrar. Tudo se transforma em um borrão. Eu acho, sim, eu fiquei no hospital durante a noite, lembro que foi um dos dias e noites mais quentes com grandes tempestades, então eu não dormi muito, mas George dormiu, o que foi ótimo.

Eu estava ansioso para voltar para casa porque, para mim, por estar no hospital, eu tinha todas as memórias de estar no hospital por causa de estar doente, então não era um lugar onde eu queria ficar. Então, eu estava realmente desesperada para voltar para casa e voltar à normalidade. Mas acho que você pensa, especialmente com seu filho primogênito, você acha que tudo vai voltar a ser como era. Subestimei totalmente o impacto e a mudança que isso teve sobre nós a partir daquele momento e eu acho que, a menos que você tenha filhos, você não percebe. Nenhuma quantidade de planejamento e preparação pode prepará-lo para aquele momento.

O dia seguinte foi ainda mais movimentado. O futuro rei recebeu a visita dos avós, Michael Middleton, Carole Middleton e Príncipe Charles, além da Duquesa da Cornualha, Camilla.

Michael e Carole disseram aos repórteres no local: ” Ele é absolutamente lindo. Nossa família está muito emocionada. Os dois (o bebê e Kate) estão muito bem”.

Michael e Carole Middleton conversam rapidamente com jornalistas após conhecer o neto em 23 de julho de 2013.

Mais tarde, o Príncipe Charles e a Duquesa da Cornualha, que participavam de compromissos em Yorkshire, no norte da Inglaterra, viajaram especialmente para conhecer novo príncipe. Eles chegaram à cidade de Londres helicóptero e “estavam realmente ansiosos para ver o bebê”.

O Príncipe Charles e a Duquesa da Cornualha vistam o príncipe George em 23 de julho de 2013.

Ainda no dia 23, o Duque e a Duquesa de Cambridge emitiram uma nota em agradecimento a equipe do Lindo Wing:

Uma mensagem do Duque de da Duquesa de Cambridge agradecendo a equipe no Lindo Wing.

Gostaríamos de agradecer à equipe da ala Lindo e a todo o hospital pelo grande cuidado que nós três recebemos. Sabemos que esse tem sido um período bem movimentado no hospital e queremos agradecer a todos – equipe, pacientes e visitantes – pela compreensão durante esse tempo.

Assim como no nascimento do Príncipe William, o momento mais esperado pelos jornalistas e súditos foi a abertura da porta do Hospital St Mary. Não é todo dia que o público é capaz de ver um futuro rei pela primeira vez, com apenas um dia de vida.

O Duque e a Duquesa de Cambridge apresentando o pequeno Príncipe George.

Durante uma pequena entrevista coletiva concedida aos jornalistas que passaram quase um mês esperando o casal sair da maternidade com o filho, William e Kate pareciam emocionados e foram muito simpáticos. O Duque de Cambridge brincou:

Ele [George] tem um bom par de pulmões, isso é certo. Ele é um grande garoto, ele é pesado. Vou lembrá-lo de seu atraso, quando ele for um pouco mais velho, porque eu sei quanto tempo vocês ficaram aqui fora.

A Duquesa de Cambridge afirmou:

Foi muito emocionante, é um período muito especial. Qualquer pai sabe a emoção que estamos sentindo.

Antes de seguirem para o Palácio de Kensington, os novos pais responderam mais algumas perguntas dos repórteres, entre elas se o bebê de chamava George, para qual o duque respondeu:

Esperem e vejam, esperem e vejam.

Príncipe George está enrolado em uma mantinha de fios grossos. Ele está dormindo com as mãozinhas cobrindo parte das bochechas.
Uma das primeiras imagens oficiais do Príncipe George no colo da pai, Príncipe William (Fox News).

Em entrevista ao jornalista Max Foster poucos meses depois, o Príncipe William afirmou que sabia que estava cumprindo seu papel na primeira aparição pública do filho:

Nós estávamos felizes de mostrar George para quem quisesse vê-lo. Como todos os novos pais sabem, você está simplesmente feliz de mostrar sua criança e declarar que ela é a mais bonita ou a mais tudo. Não é um lugar no qual eu gosto de estar, mas eu sei que, na posição em que estou, é o que é requisitado de mim. É legal que as pessoas queiram ver George. E fico feliz que ele não estivesse chorando loucamente naquele momento.

Kate Middleton admitiu a Giovanna Fletcher que estar diante de tantas pessoas na saída da ala hospitalar foi aterrorizante:

Sim, foi um pouco assustador, eu não vou mentir (risos). Todos tinham nos apoiado muito e tanto William quanto eu estávamos realmente cientes de que isso era algo com o qual todos estavam animados e você sabe que somos imensamente gratos pelo apoio que o público nos mostrou e, na verdade, por podermos compartilhar aquela alegria e apreço do público, eu achei muito importante. Mas, ao mesmo tempo, estávamos com um bebê recém-nascido, éramos pais inexperientes e tinha a incerteza do que isso significava, então havia todo tipo de emoções misturadas.

Na quarta-feira, 24 de julho de 2013, O Duque e a Duquesa de Cambridge anunciaram o nome do herdeiro: Sua Alteza Real, Príncipe George Alexander Louis de Cambridge.

O Duque e a Duquesa de Cambridge estão felizes em anunciar que eles nomearam o filho George Alexander Louis.

Em 2 de agosto de 2013, o Príncipe George foi oficialmente registrado pelo pai, o Príncipe William. O secretário do Conselho da Cidade de Westminster, Alison Cathcart, viajou para o Palácio de Kensington, onde o Duque de Cambridge assinou o registro de nascimento. A profissão dos pais, William e Kate, na certidão de nascimento de George foi declarada como príncipe e princesa do Reino Unido.

A assessoria de imprensa do casal divulgou um comunicado:

O Duque e a Duquesa de Cambridge registraram formalmente o nascimento do Príncipe George. O Duque de Cambridge assinou o registro de nascimento no Palácio de Kensington esta manhã, testemunhado por um escrivão do Westminster Register Office.

A certidão está escrita a mão, o local de nascimento (Westminster), a data de nascimento, o nome completo de George, de William e Kate, a profissão de ambos, local de nascimento deles (Reading no caso de Kate e Westminster de William). A residência oficial (Palácio de Kensington) a data da emissão e assinatura de William.
A certidão de nascimento do Príncipe George, assinada pelo Príncipe William (BBC).

O Príncipe George de Cambridge é um dos três herdeiros diretos ao trono do Reino Unido e é o terceiro na linha de sucessão, atrás do avô, o Príncipe de Gales (Príncipe Charles) e do pai, o Duque de Cambridge (Príncipe William).

Desde o nascimento, o príncipe, embora ainda muito pequeno, fez diversos compromissos e apareceu em fotografias oficiais da “rainha Elizabeth II com seus três herdeiros”, a última delas em dezembro de 2019, para “celebrar o início da nova década”.

Todos estão em frente a uma parede vermelha, na Sala do Trono do Palácio de Buckingham. George está vestindo um camisa branca de manga comprinha e calça xadrez verde e azul. Charles veste um terno riscado azul, camisa branca e gravata azul clara, A rainha veste um vestido bordado branco de mangas compridas, está segurando uma bolsa preta e veste um broche de safira. William está de terno azul escuro, camisa branca e gravata azul. 
Todos estão sorrindo para a foto.
Da esquerda para a direita, o Príncipe George, o Príncipe Charles, rainha Elizabeth II e o Príncipe William. (Foto de Ranald Mackechnie via Royal Family no Twitter).